MON lança catálogo da exposição “Irmãos Campana”

O Museu Oscar Niemeyer (MON) realiza nesta terça-feira,dia 13 de junho, terça-feira, a partir das 17 horas, mesa-redonda, palestra e lançamento do catálogo da exposição “Irmãos Campana”. Os eventos serão no Auditório Poty Lazzarotto e têm entrada gratuita. O auditório tem capacidade para 340 pessoas e a entrada será feita por ordem de chegada até lotação. Na mesa-redonda, que inicia às 17 horas, serão discutidos o design e o trabalho dos Campana. Haverá participação da professora do Departamento de Desenho Industrial, cursos de Tecnologia em Design Gráfico e Bacharelado em Design da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) nas áreas de Teoria e História do Design e Semiótica, Lindsay Cresto, e da professora do Departamento de Desenho Industrial e do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da UTFPR, Marilda Lopes Pinheiro Queluz. A mediação será feita pelo curador do MON, Agnaldo Farias. O tema será sobre as interações entre arte, design, tecnologia a partir de uma perspectiva da história do design e uma contextualização da obra dos Campana no design brasileiro. “A exposição nos convida a conhecer a obra dos designers a partir do mobiliário, destaque na exposição, e de outros objetos variados, estimulando o diálogo entre a arte e o design”, comenta a professora de Design Lindsay Cresto. Na sequência, às 19 horas, os designers Humberto e Fernando Campana falarão sobre os 34 anos de carreira, processo criativo, entre outros assuntos. O catálogo da mostra “Irmãos Campana”, produzido pelo MON, estará à venda no chão de vidro, em frente ao auditório, a partir das 16h30. A publicação, com 216 páginas, contém obras da exposição e textos críticos sobre os designers. Depois, estará disponível para venda na MON Loja. A mostra “Irmãos Campana”, com curadoria de Consuelo Cornelsen, inédita e elaborada especialmente para o espaço expositivo, o Olho, inaugurou dia 27 de abril e recebeu cerca de 25 mil pessoas em um mês de exibição. Reúne obras icônicas, como as poltronas Vermelha (1998), Favela (2003) e Corallo (2003), produzidas pela empresa italiana Edra; além de peças do início da carreira, como as cadeiras da coleção Desconfortáveis (1989); até trabalhos mais recentes, como a inédita linha de móveis Assimétrica (2017), produzida pela Tok&Stok. A obra dos Campana incorpora a ideia de transformação, reinvenção e integração do artesanato na produção em massa, tornando preciosos os materiais do dia a dia, que carregam não só a criatividade em seu design, mas também características bem brasileiras – as cores, as misturas, o caos criativo e o triunfo de soluções simples.

Comments are closed.