Estudantes de Londrina vencem Olimpíada Brasileira de Astronomia

Cinco alunos do Colégio Marista de Londrina (PR) foram contemplados com medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) deste ano. Guilherme Granado Baptista (9º ano) e Lucas Martins Pereira (8º ano) conquistaram medalhas de ouro, João Paulo Passos da Cunha (8º ano) ganhou medalha de prata, e Mariana Júlia P. D. Savioli (3ª série do Ensino Médio) e Marco Aurélio P. Ghelere (3ª série do Ensino Médio) conseguiram medalhas de bronze pelo bom desempenho na competição. A Olimpíada é realizada anualmente, em nível nacional, entre escolas públicas e particulares. A prova é aplicada na própria escola e é composta de categorias, de acordo com a faixa etária e grau de conhecimento dos estudantes. “Participar dessa competição é um desafio para eles, que conseguem avaliar seu rendimento por meio das provas”, explica o coordenador do Ensino Médio do Colégio Marista Londrina, Nelson Luiz Felipe Coelho. O coordenador lembra ainda que um dos alunos – Guilherme Granado – vai participar de processo seletivo para competir em nível internacional. Ele passará por três avaliações e, se conseguir a classificação, representará a escola fora do Brasil. A primeira etapa é online e será realizada de setembro a novembro, já a segunda consiste em uma prova presencial a ser aplicada no início de 2019. A terceira abrange dois treinamentos de uma semana cada, que devem ser organizados entre abril e maio do ano que vem. Os alunos com os melhores resultados ao final no processo irão compor os times oficiais e reservas da 11ª Olimpíada Latino-Americana de Astronomia (OLAA) e da 13ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica (IOAA), que serão realizadas em 2019 na Hungria e no México, respectivamente.

Comments are closed.